Sobre mim

O primeiro Mundial que me recordo foi em 1986 no México.

Desde essa altura o futebol passou a ser uma parte substancial da minha vida. O vício cresceu e levou-me primeiro a ser praticante e depois a ser crítico e adepto de bancada.

Entretanto o tempo passou, licenciei-me e entrei nas lides do mercado bolsista, na altura (1999) em pleno boom de empresas tecnológicas. Foi aqui que adquiri a noção de gestão de risco.

Em 2009 dei de caras com a Betfair pela primeira vez. Uma bolsa entre apostadores, que conciliava eventos desportivos e gestão de risco, com retornos perfeitamente acima da média.

Adaptar-me não foi difícil. Gerir emoções nem sempre é fácil mas, com método, posso juntar dois amores da minha vida: o futebol e a bolsa de apostas.

Neste momento já levo 7 anos de experiência de trading na Betfair, apenas em part time. Futebol e cavalos são os mercados que mais trabalho.

Aqui partilho algumas destas aventuras.